Carta do leitor:Não me desejem feliz Natal

Carta do leitor:Não me desejem feliz Natal

Caro director, Já que este Governo está a mexer a economia de uma forma que pela primeira vez na vida não vou ter Natal, porque mesmo no tempo da guerra, quando era criança, ao menos se sentia o espírito de Natal nas pessoas, então que arranjem só as ruas da urbanização Nova Vida. Eu sei que não é dos piores bairros de Luanda, mas também sei que nos outros bairros tudo começou assim. No princípio também não eram dos piores, mas hoje estão quase intransitáveis. No Nova Vida não tem uma só rua sem buracos. Alguns eram tão pequenos no início do ano que se tivessem feito alguma coisa eles não teriam feito fi lhos e multiplicado a família. Agora é o que se vê. Ao contrário, o Governo prefere colocar lombas nas ruas, como aquele em frente ao Centro de Convenções de Talatona, que só pode ter vindo de uma cabeça muito especial e, como sempre, pagou o povo, porque as obras não são de borla, como se sabe. Agora vamos só ver: muitas pessoas desempregadas na família, os preços de qualquer produto nadam pela hora da morte, a luz e a água sempre a falhar, o dólar super alto, e ainda nem se pode dar uma volta sossegada pela cidade por causa dos buracos, quem me desejar um feliz Natal vou lhe insultar.