Carta do leitor:Que ano 2020 teremos?

Por:Zinga A. D. Justo

Digníssimo director, antes de mais, desejo-lhe um feliz Natal e um Ano Novo próspero… Começo por dizer que o ano 2019, que agora termina, foi muito difícil do ponto económico e financeiro para todos. Por esta razão, muitos planos traçados não foram concretizados e isto me leva a crer que 2020 também não será fácil. Os indicadores apresentados pelas agências especialiazidas deixam-me apreensivo em relação a Angola. Os produtos da cesta básica subiram e não sei se terei um Natal com bacalhau à mesa na hora da ceia. Os preços estão tão altos que não sei o que comprar para oferecer aos meus dois herdeiros. Deste modo, devo entregar os indicadores de mudança económica em 2020 ao Executivo liderado por João Lourenço, Presidente da República. Várias famílias não têm o o que comer. Não sei o que dizer àqueles meus irmãos que vivem no interior, nas zonas mais distantes do centro.Como é que será o Natal desses cidadãos? A coisa apertou de tal forma que nem dinheiro para o material escolar, em Janeiro, vai sobrar. Mesmo poupando, não está a chegar. É sério. Só me resta deixar no ar a seguinte pergunta: que ano 2020 teremos?

error: Content is protected !!