Editorial: Benguela “afoga-se em secas”

Editorial: Benguela “afoga-se em secas”

Os habitantes da sede municipal da Ganda, província de Benguela, estão, desde Quintafeira, privados do abastecimento da água potável devido à destruição de uma conduta de água instalada no rio Indongo, causada pela chuva. Alguma malapata deve ter tocado a província, com o sistema de abastecimento de água às populações a rebentar por completo, mesmo na Estação das Chuvas.

Se a má notícia não vem do Lobito, vem da Catumbela, agora da Ganda. As pessoas, afl itas, andam em busca de água como as das zonas do país que vivem a seca severa. Em Benguela, ao mesmo tempo em que se “afogam” diques e zonas de cultivo por causa das chuvas, as pessoas têm seca inesperada nas suas casas.