Carta do leitor:O regresso do asfalto a alguns bairros de Luanda

Carta do leitor:O regresso do asfalto a alguns bairros de Luanda

Prezado director, Dr Agradeço a oportunidade que me é concedida. Luanda a recompor-se depois de longa data de jejum, sem asfalto em alguns bairros e municípios. Recentemente, algumas vias da capital que estavam em obras foram abertas à circulação automóvel. Desta forma, não só mesmo os automobilistas é que ganham, mas, também, os moradores das zonas, pois que para além da infra-estrutura, aumenta-se também a segurança dos transeuntes. Um apelo aos beneficiários, a população em geral, para a preservação do que é de todos. Pois que temos verificado, em quase todos bairros, moradores a deitarem lixo e águas na estrada e lixo nas sargetas, obstruindo, desta forma, a passagem das aguas pluviais e danificando o asfalto, encurtando, desta forma, o tempo de vida útil das nossas estradas e outros equipamentos públicos. Só para recordar que Luanda ganhou as estradas da 5ª Avenida (Cazenga), do Centro de Formação Profissional à Deolinda Rodrigues (BCA), a rua que liga a Tourada e a cabeceira do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro (Maianga) e o eixo viário que parte da Estrada do Avô Kumbi ( Kilamba Kiaxi) até à Avenida Pedro de Castro Van- Dúnem (Loy). As estradas abertas têm como impacto social a melhoria da mobilidade urbana, segurança do tráfego e saneamento básico nas zonas onde estão inseridas. Observei que nas obras foram acauteladas as redes técnicas de energia eléctrica e telecomunicações, iluminação pública, lancis, passeios, arborização, sinalização vertical e horizontal. Aos poucos, Luanda vai melhorando o trafego e a sua imagem.