Bombeiros inspecionam locais que vão acolher o reveillon

Bombeiros inspecionam locais que vão acolher o reveillon

O asseguramento dos SNPCB na passagem de ano não será diferente das acções que já têm vindo a realizar no período da quadra festiva. Investiram mais no processo de sensibilização da população e nas palestras com o objectivo de mudar a forma de agir quando se está em festa. Segundo o porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB), Faustino Minguêns, antes da passagem do ano o SNPCB fará a inspecção nos locais onde decorrerão os eventos de celebração e, depois da vistoria, a equipa de bombeiros vai ditar se o local está apropriado para a realização da festa.

Actividade do género está a ser desenvolvida em todo o país. Sublinhou que aqueles que FAUSTINO MINGUÊNS, portavoz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros transgredirem as normas estabelecidas serão responsabilizados. Todo o lançamento de fogosde-artifício deve ser feito por pessoas autorizadas, cadastradas ou entidades competentes.

Quem assim não proceder será responsabilizado em função das normas. Quanto aos cidadãos que pretendem realizar festas ao longo da orla marítima, fluvial e em piscinas, devem ter o máximo de cuidados e preocupar-se com a presença de nadadores ou salva-vidas nos locais.

Nos governos provinciais existem equipas técnicas encarregues de cadastrar as festas de fim-de-ano e os bombeiros também fazem parte delas. Por forma a evitar incêndios nas residências, deve-se fazer manutenção nos fogões à gas; o risco de afogamento também pode ser evitado, sobretudo para as pessoas que celebram ao longo da orla marítima, fluvial e espaços com piscina, por isso, o cidadão deve optar por festejar em praias autorizadas, locais onde haja um salva-vidas e seguir as orientações baixadas pelas entidades marítimas. “Se beber não conduza e não entre na água. Faça a travessia de forma segura, a iluminação do transporte deve estar em condições e se faça-se acompanhar de uma lanterna”. Estes são alguns dos conselhos do SNPCB.

INEMA monta 10 postos estratégicos

O Instituto Nacional de Emergência Médica de Angola (INEMA) tem montados, desde o dia 22 de Dezembro, 10 postos estratégicos, sendo seis para atender as eventuais ocorrências fora das localidades e quatro dentro da cidade de Luanda, segundo informou o chefe do departamento de atendimento hospitalar da instituição, António Neto Para atender a província de Luanda foram montados postos nas zonas do Benfica, Kilamba, Zango e na Ilha, sendo que os seis postos fora das localidades estão nas áreas do Panguila, Catete, ramiros, centralidade do Sequele, no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) e Aeroporto Nacional. Para a cobertura da corrida de São Silvestre estão disponíveisnove ambulâncias, para atender a eventuais ocorrências, sendo que cada ambulância de suporte avançado trabalha um médico, dois enfermeiros e um técnico. António Neto frisou ainda que, apesar do registo de alguns acidentes que ceifaram vidas, ainda assim, até ao momento a situação pode ser considerada calma.

O Instituto Nacional de Emergência Médica de Angola (INEMA) está de prevenção desde o dia 22 de Dezembro e termina no dia dois de Janeiro.