Primeiro juramento na história da Educação

Primeiro juramento na história da Educação

Dos dez milhões, 608 mil e 415 alunos do ensino geral que frequentaram as aulas no ano lectivo 2019, alguns tiveram como professores alguns dos cerca de 20 mil saídos do concurso público de 2018. Como inovação, o Ministério da Educação decidiu fazer uma cerimónia de juramento dos professores antes de entrarem em funções, acto considerado histórico por ser a primeira vez que tal aconteceu desde o alcance da Independência em 1975.

Além disso, é considerado como uma evolução nos concursos públicos e um símbolo da ética profissional e moral que devem guiar a actividade diária dos professores do Ensino Primário, Primeiro e Segundo Ciclos. “Não tenho memória que uma cerimónia assim tenha sido feita em Luanda ou em outra parte do país. Por isso, esta cerimónia tem um carácter histórico”, disse Narciso Benedito, no acto realizado em Fevereiro.