Músico Jorge Neto em coma induzido depois de um duplo AVC

Músico Jorge Neto em coma induzido depois de um duplo AVC

O músico cabo-verdiano Jorge Neto, autor do famoso tema “Rosinha”, encontra-se em coma induzido desde Terça-feira, 31, de Dezembro, depois de ter sofrido mais um acidente cascular cerebral (AVC), com situação clínica “complicada”, segundo o seu agente, Augusto “Gugas Veiga”. O cantor, que se preparava para viajar a Cabo Verde, onde tinha agendado um show de passagem de ano em São Vicente, foi impedido devido à hipertensão alta e regressou a casa, onde viria a sofrer um novo AVC, 7 anos depois do primeiro.

O agente Gugas Veiga explicou ao Jornal cabo-verdiano online O PAÍS, que o artista chegou ao Hospital apenas no dia seguinte, 31, onde foram revelados coágulos de sangue no seu cérebro. Embora tardiamente, Jorge Neto foi submetido a uma cirurgia de emergência e, até ao momento, encontra-se em coma e com prognóstico reservado. “Ele estava com tensão muito alta e não o deixaram viajar. Ali mesmo foi-lhe medicado e quando estava a sentir-se melhor foi enviado para casa. A família estava a Holanda, até que o seu irmão que lhe foi visitar encontrou-o sem falar muito e sem se mexer. Mas este negou-se ir a um hospital” informou o agente.

Gugas Veiga, adiantou igualmente que as próximas 48 horas serão decisivas para ver como reagirá Jorge Neto, mas até ao momento “a situação é muito grave”. Jorge Neto, que por sinal é um dos vocalistas da Banda Livity, esteve pela última vez em 2018 em Luanda, no Sons do Atlântico, Festival de zouk, realizado na Baía.

O “extrovertido” Jorge Neto e o “sensual e melódico” Grace Évora, animaram a festa com os memoráveis sucessos dos álbuns “Livity” e “Rapaz Novo”, em que se notabilizaram os temas “Rosinha”, “Sem Ninguém”, “Felicidade”, “Que Bale”, “Diló”, “Morena”, “Bia”, “Nha Lado” e “Livity”, em companhia do lendário Zé Carlos, autor dos temas “Era Romântico”, Tchiga Na Mim”, “Africana”, entre outros.

Percurso e sucessos do cantor Filho de Santomense e mãe caboverdiana, Jorge Neto nasceu em São Tomé e Príncipe em 1964. Fez os estudos secundários em Portugal e para fugir ao serviço militar obrigatório, emigrou para a Holanda. Tornou-se conhecido pelo público cabo-verdiano ao participar, enquanto representante na diáspora, numa edição do concurso “Todo Mundo Canta”, na década de 1980.

Fez sucesso na Holanda e noutros países da diáspora, bem como em Cabo Verde ao lado da mítica Banda Livity, enquanto vocalista. Acarinhado pelo público pela sua energia em palco, que já lhe valeu um galardão no Cabo Verde Music Awards, Jorge Neto viria a sofrer, em finais de 2012, um AVC, do qual levou algum tempo a recuperar-se.

Jorge Neto, que marca a música moderna cabo-verdiana, nasceu em 1964, em São Tomé e Príncipe. É filho de um cidadão santomense e de uma cabo-verdiana, natural de Ponta do Sol, Ilha de Santo Antão.

Com OPAÍS e Inforpress