Submarino da Marinha real britânica estaria pronto para atacar o Irão se guerra eclodir

Um submarino nuclear da Marinha Real do Reino Unido, armado com mísseis de cruzeiro Tomahawk, estaria em posição de atacar o Irão, comentou um oficial britânico ao tablóide britânico The Sun. Após o aumento das tensões no Oriente Médio com a morte do major- general iraniano Qassem Soleimani, o Reino Unido já teria um submarino nuclear, da classe Astute, no Golfo Pérsico num local que possibilita os seus mísseis Tomahawk atingirem alvos no Irão. Conforme publicou o tablóide The Sun, um oficial britânico, cuja identidade não foi revelada, teria dito que o submarino pode ser usado num ataque contra o país persa. “Não haverá um primeiro ataque, mas todas as precauções estão a ser tomadas, dependendo de como o Irão reage à morte de Soleimani”, disse a fonte. É válido ressaltar que a classe Astute é considerada o tipo de submarino mais avançado da Marinha Real britânica. De acordo com a mídia, o Reino Unido mantém constantemente um submarino no Golfo Pérsico. A última vez que o país disparou mísseis Tomahawk foi durante uma ofensiva contra o ex-presidente líbio Muammar Kadhafi, em 2011, na Líbia .

Alinhamento com os EUA

Ainda de acordo com a fonte, o governo britânico tem-se posicionado de forma alinhada a Washington. “Se as coisas se desenrolarem rapidamente, o Reino Unido estará sempre lado a lado com os EUA”, declarou. Além disso, o submarino americano USS Florida, capaz de carregar 154 mísseis de cruzeiro no seu interior, teria partido para algum local próximo do Irão após, recentemente, cruzar o estreito de Gibraltar.

Mísseis Tomahawk

Uma vez disparado, o míssil Tomahawk pode atingir alvos a uma distância máxima de cerca de 2.500 quilómetros. Além disso, o projéctil pode ter a trajectória alterada durante o vôo, sendo redireccionado para um novo alvo caso for preciso. Geralmente, o Tomahawk é utilizado para destruir edificações inimigas.

leave a reply