35 mortos no funeral do general Soleimani

Pelo menos 35 pessoas morreram e outras 48 ficaram feridas, ontem, Terça-feira, de manhã, durante as cerimónias fúnebres do general Qassem Soleimani, em Kerman, no irão

Pelo menos 35 pessoas morreram e outras 48 ficaram feridas ontem Terça-feira de manhã, durante as cerimónias fúnebres do general iraniano Qassem Soleimani, morto Sexta-feira, em Bagdad, no Iraque, por um ataque de drone dos Estados Unidos. A notícia foi avançada pela televisão estatal iraniana e está, entretanto, a ser confirmada pelos media locais e também por vídeos colocados nas redes sociais que, relata a Al Jazeera, mostram “pessoas sem vida à beira de uma estrada, enquanto outras gritam e tentam ajudá-las”.

“Infelizmente, foi o resultado de uma debandada, alguns dos nossos compatriotas ficaram feridos e outros morreram durante a procissão funerária”, explicou já, por telefone e à televisão estatal do Irão, o responsável pelos serviços de emergência médica do país, Pirhossein Koulivand. Várias dezenas de milhares de pessoas reuniram-se esta Terça-feira em Kerman, cidade a mais de 950 quilómetros de Teerão de onde era natural o general Soleimani, para assistirem às suas cerimónias fúnebres.

error: Content is protected !!