Editorial: Informação de ouro

Jornal OPaís edição 1710 de 07/01/2020

Mais de 40 exploradores ilegais de ouro foram detidos, até finais de Dezembro último no município de Chipindo, província da Huíla. esta informação foi prestada ao Jornal de angola pelo administrador municipal de Chipindo, Hélder lourenço, tendo acrescentado que os cidadãos, todos nacionais, foram encaminhados ao Ministério Público. a notícia não diz, depois, o que aconteceu a cada um deles, mas refere uma lista de bens com eles encontrados, que vão de picaretas a motorizadas. até o cascalho foi citado. Só não os encontraram em posse de ouro. Pelo menos não o disse o administrador. e aqui é que vem a questão: foram acusados de exploração ilegal de ouro? De que ouro? e no Chipindo não há advogados…

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!