Incêndio destrói fábrica do Grupo Carrinho

Um incêndio de grandes proporções ocorrido na madrugada de hoje (Quinta-feira), na zona industrial do Uchi, arredores da cidade de Benguela, destruiu totalmente uma fábrica de embalagem e dois armazéns de bens alimentares, sem causar vítimas

ANGOP

Segundo o chefe de operações do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Jorge David, o fogo começou por volta das 23 horas de quarta-feira e atingiu chamas de grandes proporções até de madrugada, destruindo na totalidade os produtos armazenados, bem como a estrutura pertencente a empresa “Leonor Carrinho”.

O responsável, que revelou não serem ainda conhecidas as causas do incêndio, nem as quantidades de bens alimentares destruídos, garantiu que a situação já está controlada, graças o envolvimento de 30 bombeiros e de quatro viaturas de combate de incêndios.

A fábrica embalava vários produtos de bens alimentares, com realce para arroz, feijão, fuba, açúcar, massa de tomate, todos da marca “Tio Lucas”, para além de ração animal.

A Angop apurou ainda que, a fábrica foi desactivada meses antes da recente inauguração do complexo industrial “Leonor Carrinho”, mas mantinha ainda alguns produtos armazenados.

Os agentes da empresa privada de segurança descartam a possibilidade de um curto-circuito, visto que a fabrica não estava ligada a rede eléctrica, e a mesma era alimentada por um grupo gerador que também não funcionava há mais de dois meses.

A imprensa contactou os responsáveis da empresa, mas sem sucesso.

O Serviço de Investigação Criminal e o de Protecção Civil e Bombeiros continuam a trabalhar para determinar as causas do incêndio

error: Content is protected !!