Associação Unidos por Angola promove “Nosso Sítio de Cultura e Artes”

Uma “maratona” cultural com várias manifestações artísticas marca o início de actividades culturais regulares, a ser levada a cabo pela associação filantrópica “Unidos por Angola”

“Nosso Sítio de Cultura e Artes” é a designação do projecto cultural da Associação Unidos por Angola, cuja primeira actividade decorre até ao dia 12, no centro comercial Nosso Centro, sito na ex-rotunda do Gamek, em Luanda. De acordo com a organização esta primeira acção está inserida nos festejos do Dia da Cultura Nacional, assinalado a 8 de Janeiro, em que serão exibidos filmes de produção nacional, exposição de artes plásticas, concertos musicais, venda de livros entre outros.

A iniciativa “Nosso Sítio de Cultura e Artes”, segundo fez saber Ginette Tomás, visa promover a cultura nacional bem como criar alternativas de lazer aos jovens e não só, de modo a tornar o espaço num local em que as pessoas possam mais do que divertir-se de modo saudável, possam igualmente cultivar- se. “Estamos praticamente numa zona que nos aproxima quer do centro da cidade quer da parte sul de Luanda. Nesse intervalo, existem poucos lugares com iniciativas culturais, similares. Por essa razão, trazemos essa primeira proposta a que se vão juntar outras, todas com objectivo de promover e dinamizar a cultura neste ponto da cidade”, explicou.

Questionada sobre a periodicidade dos próximos eventos, a nossa interlocutora referiu que, por agora, o importante não é a quantidade de eventos que forem ser realidazados, mas a qualidade do produto cultural que há-de chegar ao público como o consumidor final. Entretanto, apesar de que os custos de produção não estejam a favorecer a organização, face aos preços do mercado tendo em conta a crise que se agudiza no país, Ginette Tomás garantiu que a participação do público é totalmente gratuita desde que se predisponha a apreciar os eventos. “Para o evento que está a decorrer, as entradas são grátis e convidamos a todos os moradores da zona e da cidade de uma maneira geral, a participar. Só com a presença e adesão massiva, sentiremos o real retorno da aplicação desse investimento cultural, cujos ganhos a todos beneficiará”, exortou.

Atracções

Para hoje a partir das 10 horas, além da exposição de artes plásticas, a programação reserva projecção de um filme nacional, recital de poesia com jovens e um concerto de variedades desde Hip-hop, African Beat, R&B e Kizomba. Para o dia seguinte e encerramento do evento, a programação reserva um concerto de música gospel, como uma manifestação religiosa e espiritual. De salientar que a “Unidos Por Angola” é uma associação filantrópica sem fins lucrativos, que se junta às celebrações do Dia da Cultura Nacional, data instituída ao abrigo do Decreto n.º 21/86 de 1 de Novembro, do Conselho de Defesa e Segurança, como consequência do importante discurso sobre as bases da cultura nacional proferido pelo Primeiro Presidente de Angola e Fundador da Nação Angolana, Dr. António Agostinho Neto, a 8 de Janeiro de 1976, na sede da União dos Escritores Angolanos.

error: Content is protected !!