Luanda acolhe III workshop sobre aplicações de satélite

Luanda acolhe hoje o III Workshop de ”Capacitação em aplicação de Satélites e da União Internacional de Telecomunicações (UIT) e Estrutura para Partilha dos Sistema de Satélites da SADC”, numa iniciativa do ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação. A iniciativa já foi realizada por países como África do Sul e Zimbabwe, e visa potencializar, no geral, os países membros da região da SADC sobre as ferramentas de comunicação via satélite que estão a ser providenciadas pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), de maneira a assegurar os interesses dos países da região, adiantou em exclusivo a OPAÍS a directora adjunta do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), Vangilirá Pereira.

Referiu de igual modo que, ao nível nacional, o objectivo é capacitar também os técnicos nacionais ligados à área de radiofrequência para usarem da melhor forma as ferramentas de comunicação via satélite, uma vez que a formação continua a ser prioridade do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN). A engenheira disse que Angola foi convidada pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) para acolher o evento pelo facto de o país possuir uma vasta experiência no ponto de vista de infra-estruturas tecnológicas que será partilhada com outros países durante os cinco dias “Angola possui uma vasta experiência do ponto de vista de infra-estruturas, como o Centro de Controlo e Missão de Satélites localizado na Funda, formação de quadros em matérias de gestão na área espacial, bem como a construção de pequenos satélites como o Cansat”, disse.

A porta-voz do evento garantiu que serão discutidas matérias de sistemas de satélites da SADC orientadas pelo secretário-geral da UIT e está também agendada uma visita ao Centro de Controlo e Missão de Satélites (MCC) O evento vai reunir especialistas e delegados das Ilhas Maurícias, África do Sul, Zimbabwe, Namíbia, Moçambique, Tanzânia, Malawi, Botswana e República Democrática do Congo e outros países membros da SADC. Ao nível nacional estarão presentes as operadoras móveis, instituições ligadas às telecomunicações e académicos. A União Internacional de Telecomunicações (UIT) é a agência da ONU especializada em tecnologias de informação e comunicação. Destinada a padronizar e regular as ondas de rádio e telecomunicações internacionais, a agência é composta pelos 193 países membros da ONU e por mais de 700 entidades do sector privado e académico.