Editorial: Estradas vermelha

Jornal OPaís edição 1716 de 14/01/2020

Cento e treze mortos e 509 feridos é o balanço de 382 acidentes de viação ocorridos nas estradas da província do Cuanza-norte, durante o ano de 2019, o que representa um aumento de 21 mortes em relação a 2018. estamos a falar de uma província que nem é das que mais movimento têm no país.

É quase uma morte a cada dois dias e se somados os feridos dá perto de duas vítimas por dia. É um carrossel desgarrado, é um alerta para a necessidade mais do que urgente de se começar a partir do infantário a educação sobre a forma como se lida com a estrada. É um alerta para a necessidade de se educar os peões e de rigor sobre as autorizações de condução. Somados aos das outras províncias, pode-se dizer que temos um país a esvair-se na estrada.

error: Content is protected !!