Trump diz que “realmente não importa” se havia ameaça iminente de Soleimani

Trump diz que “realmente não importa” se havia ameaça iminente de Soleimani

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu na Segunda-feira a sua decisão de ordenar a assassinato do comandante iraniano Qassem Soleimani, alegando que Soleimani representava uma ameaça iminente aos Estados Unidos, mas também dizendo que isso não é importante, dado o histórico do l . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta