Isabel dos Santos presidente? “Farei o que tiver de fazer”

Em entrevista à RTP3, a empresária angolana admite poder vir a avançar para a liderança de Angola.

Dinheiro Vivo

Em entrevista à RTP3, a empresária angolana admite poder vir a avançar para a liderança de Angola.

A herdeira de José Eduardo dos Santos vs. João Lourenço? Este pode ser o cenário que Angola enfrentará em 2022, quando acontecerão as eleições para a presidência. É a própria Isabel dos Santos que o admite, em entrevista à RTP3, transmitida nesta noite. A empresária, que viu as suas participações e contas bancárias em Angola arrestadas na sequência de uma providência cautelar interposta no âmbito de um processo em que o Estado angolano reclama mil milhões a Isabel dos Santos, repete a defesa que tem feito sobretudo nas redes sociais, dizendo-se vítima de uma perseguição judicial em Luanda com o objectivo de neutralizá-la politicamente. E admite vir a avançar para a presidência. “Farei tudo o que tiver de fazer para prestar serviço à minha terra, Angola”, afirma, e em seguida, quando questionada especificamente sobre se será candidata contra João Lourenço, não hesita: “É possível.” “Não podemos usar a suposta luta contra a corrupção de forma electiva para poder neutralizar o que achamos que podem ser futuros candidatos políticos”, acrescenta, no vídeo disponibilizado pelo canal público de televisão. “O que se está a fazer hoje em Angola são processos políticos e que têm que ver com a luta de poder dentro do próprio MPLA”, conclui, justificando a sua vontade com o estado “debilitado” e os “fracos resultados” em que se encontra o partido de Dos Santos e Lourenço.

error: Content is protected !!