PGR anuncia regionalização dos serviços

O procurador-geral da República, hélder Pitta gróz, anunciou, ontem (quinta-feira), em Ndalatando (cuanza-Norte), a criação de coordenações regionais da Procuradoria geral da república (Pgr) com o objectivo de darem respostas céleres aos processos

Em declarações à imprensa, no quadro de uma visita de 24 horas à província, disse que está já em fase de conclusão a operacionalização da coordenação da Região Norte, cuja sede ficará na província do Cuanza- Norte e congregará as províncias do Bengo, Malange, Zaire, Uíge e Cabinda.

A província da Huíla será a sede da coordenação da Região Sul, que entrará em funcionamento logo a seguir a do Norte. Hélder Pitta Gróz afirmou que a ideia é permitir que os cidadãos tenham uma resposta rápida e eficaz dos serviços do órgão, para além de aproximar mais a PGR às comunidades.

A coordenação da PGR para a Região Norte, informou, será dirigida pelo procurador-geral-adjunto João Luís de Freitas Coelho, que terá a missão de fiscalizar a actividade desenvolvida pelas referidas províncias, promover trabalhos conjuntos e projectar ciclos de formação para os magistrados.

Em face disso, nesta sua visita a província do Cuanza-Norte, o alto magistrado do Ministério Público fez-se acompanhar pelos procuradores das províncias do Bengo, Malange, Zaire, Uíge e Cabinda, que estão já a trabalhar na verificação de processos que exigem uma intervenção de forma alargada, sobretudo os casos mediáticos de peculato.

Agenda

No cumprimento da agenda da sua visita de trabalho, Hélder Pitta Gróz manteve encontros com o juiz presidente do Tribunal da Comarca do Cazengo, com o delegado do Ministério do Interior e com magistrados militares. A agenda do procurador-geral da República incluiu a auscultação das preocupações dos funcionários e técnicos administrativos do sector.

A Procuradoria Geral da República no Cuanza-Norte funciona com 17 magistrados, distribuídos por quatro dos dez municípios da província, Cazengo (sede), Cambambe, Golungo-Alto e Ambaca, este último com a jurisdição alargada para os municípios de Samba- Cajú, Quiculungo, Bolongongo e Banga.-

error: Content is protected !!