Sonangol EP “assegura” construção da refinaria de cabinda

A petrolífera nacional assinou, ontem, com a empresa Gemcorp capital LLP o “acordo de sócios” para a construção da refinaria de cabinda

A refinaria, com capacidade de refinar 60 mil barris de petróleo bruto por dia será construída na planície de Malembo, cerca de 30 quilómetros a Norte da cidade de Cabinda. No próximo mês de Fevereiro arrancam já trabalhos de desminagem, tratamento de terrenos para a construção das infra-estruturas de apoio. O projecto de iniciativa privada, integralmente financia do pela Gencorp Capital LLP, será implementado em três fases, financiando a primeira instalar, até finais de 2021, a capacidade de processamento de 30 mil barris por dia.

Com a conclusão da segunda fase, prevista para 2023, a capacidade total de processamento diário será de 60 mil barris de crude, devendo a terceira e ultima fase virar-se para a melhoria das especificações da produção dos principais produtos, nomeadamente gasolina, jet A1, LPG querosene e fuel oil. A implementação da refinaria de Cabinda prevê a criação de cerca de 1600 postos de trabalho, dos quais 400 directos, assegurados na primeira fase, enquanto na segunda e terceira fases serão criados 1500 empregos, dos quais 300 serão directos.

error: Content is protected !!