UNITA garante apoio à candidatura de David Mendes nas eleições autárquicas

em causa está uma notícia sobre a alegada retirada de apoio à candidatura deste político e deputado do seu Grupo Parlamentar

A informação foi avançada a OPAÍS por uma fonte próxima ao gabinete do presidente deste partido, Adalberto Costa Júnior, colocando fim a especulações de que Adalberto não apoiaria a candidatura de David Mendes a presidente da Câmara Municipal do Cazenga, por este ter criticado o actual lider da UNITA na véspera do XIII congresso ordinário, realizado em Novembro de 2019. O político teceu críticas a Adalberto Costa Júnior, nas redes sociais, sobre um caso que envolvia o actual presidente e um jornalista e membro da ERCA, Carlos Alberto, que colocava em dúvida a formação académica do actual líder da UNITA.

David Mendes, que é deputado independente pela bancada da UNITA, foi o primeiro cidadão a anunciar publicamente que iria concorrer à presidência da Câmara do Cazenga, em Fevereiro do ano passado, e conta com os apoios de políticos, membros
da sociedade civil, igrejas, empresários e outros. Informação por si avançada numa entrevista concedida a este jornal, em meados do ano passado, e, além destas sensibilidades, contava com o apoio da UNITA, apesar de não ser militante desta força política.

O antigo lider da UNITA, Isaías Samakuva, que o convidou a integrar a lista de candidatos a deputados nas eleições gerais de 2017, colocando-o num lugar elegível, foi um dos que sempre manifestaram apoio a David Mendes. Seguiu-se a LIMA, organização feminina da UNITA, e outras figuras influentes deste partido, tendo em conta o seu peso político no município, onde nasceu, cresceu e viveu até há pouco tempo. Segundo a fonte, a David Mendes será dado todo o apoio necessário, apesar de que a decisão terá de passar pelo crivo da Comissão Política do Comité Permanente (CPCP), órgão deliberativo.

Entretanto, apesar de ter criticado Adalberto Costa Júnior, o político e também advogado disse, em entrevista, a ser publicada por este jornal, que não via qualquer motivo para que a UNITA não apoiasse a sua candidatura. “Se o actual presidente da UNITA, o engenheiro Adalberto Costa Júnior, é democrata, não vai impedir que o seu partido me apoie”, disse David Mendes. Em declarações a OPAÍS, afirmou ter boa relação pessoal com o lider da UNITA, de quem disse merecer o seu “respeito e admiração enquanto político”, reforçando ser “muito normal discordar de alguém, seja ele amigo ou não”.

Preparação

Desde que anunciou a sua candidatura, apesar de as eleições autárquicas ainda não terem sido convocadas, já que o Pacote Legislativo Autárquico ainda está em discussão na Assembleia Nacional, o político tem estado em desdobramentos pelo Cazenga a explicar o motivo da sua candidatura e a mobilizar o número possível de votos que o possam habilitar alcançar o seu propósito. Publicamente, David Mendes é o único pré-candidato, até agora, à presidência da Câmara Municipal do Cazenga (se for criada). Refira-se que o município do Cazenga é umas das fortes praças eleitorais da província de Luanda, à semelhança de Cacuaco e Viana.

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!