BNA alerta para tentativa de fraude via correio electrónico

O Banco Nacional de Angola (BNA) denunciou a existência de uma mensagem fraudulenta, que está ser disseminada via correio electrónico, cujo assunto/título indica: “Actualização de informações dos clientes” “

O Banco Central aconselha, caso o cidadão se veja envolvido numa tentativa de burla pelos mecanismos acima referidos, denunciar o facto aos órgãos policiais competentes. De um tempo a esta parte, vários cidadãos receberam nos seus e-mails pessoas, várias mensagens do género. Augusto Pedro, cliente de um banco comercial escreveu a OPAÍS a saber se os bancos estavam a pedir “actualização de dados individuais”.

Carmem Silva, revela que tem insistentemente recebido via correio eletrónico uma suposta “declaração de dados” pertencentes ao seu banco comercial e que tinha ficado pronta, recomendando que “abra o ficheiro e preencha os dados em falta” sob ameaça, em caso de incumprimento, vir a ter a conta bloqueada. Castro Job, especialista em segurança de sistemas informáticos aconselha os utentes a perguntarem pessoalmente aos seus bancos para confirmar a “veracidade” de tal envio, sob pena de estarem a predispor os seus endereços a mercê de hackers.

“Este é o mais comum dos modus-operandi dos piratas informativos que passam o tempo inteiro a tentar aceder de forma remota aos dispositivos electrónicos de outrem na ânsia de encontrar algo valioso. O meu conselho é: sempre que se encontra ficheiros do género nunca abrir e se possível apagar”, recomendou o especialista. Uma leitura mais atenta a este tipo de ficheiros é possível notar que eles “estão escritos em linguagem errada, o que indicia que os seus autores usam o google translator por não serem falantes da língua portuguesa”, adverte Job.

No país, muito recentemente, uma operação de hacker comandada desde o estrangeiro, disseminou uma SMS e em alguns casos uma chamada de voz que ao que tudo indica, pode ter a mesma origem de “golpes via electrónica”, pelo que todo o cuidado é pouco. Num comunicado de imprensa publicado na sua página oficial, no final de semana, o BNA alerta que sob nenhuma justificação os cidadãos clientes de bancos devem divulgar a estranhos, informações ou dados de empresas ou pessoais, contas bancárias ou realização de quaisquer pagamentos.

O BNA adverte que se trata de uma tentativa de fraude através do envio de um correio electrónico com ficheiro anexo, no qual se indica um endereço electrónico, em que os utilizadores são informados que ”de acordo com o Decreto n.º 66/2020 do Banco Nacional de Angola, os Bancos devem manter informação completa e actualizada dos seus clientes” por via de uma hiperligação, criado com a finalidade de aceder, apagar e/ou alterar dados de prestadores de serviços financeiros, códigos de contas, coordenadas bancárias, sob pretexto de padronização de requisitos dos sistemas e do ambiente bancário, recomendando o envio do respectivo questionário preenchido.

Esclarece que a referida mensagem não corresponde à verdade, na medida em que o BNA não emitiu, com este teor, qualquer Aviso ou Instrutivo, instrumentos utilizados pelo BNA para alterar regras e procedimentos a adoptar pelas instituições financeiras (e não Decretos), tratando-se claramente de uma tentativa de fraude através de correio electrónico. O BNA aconselha que o procedimento correcto é eliminar este tipo de mensagens/e-mails definitivamente, nunca abrir os links que nelas constam, e muito menos abrir os anexos que as acompanham.

error: Content is protected !!