BNA e Banco Mundial realizam o inquérito defesa do Consumidor bancário

Assim, o Conselho Nacional de Estabilidade Financeira (CNEF), em parceria com o Banco Nacional de Angola (BNA) e com o Banco Mundial (BM) realizam o Inquérito sobre a Capacidade Financeira e a Defesa do Consumidor bancário, para a obtenção de informação detalhada sobre o grau de compreensão/entendimento da população, no que concerne aos conceitos básicos financeiros, acesso e uso dos produtos e serviços financeiros, visando a identificação de padrões predominantes.
 
Neste contexto terá lugar no dia 23 de Janeiro de 2020, um seminário relativo à  metodologia e resultados da pesquisa sobre a capacidade financeira, bem como os dados recolhidos relativos à Defesa do Consumidor bancário. Este seminário será ministrado por especialistas responsáveis pela realização do inquérito, com o intuito de o transmitir aos técnicos das instituições envolvidas, bem como às entidades beneficiárias dos resultados do referido projecto.
 
A actividade inserir-se no Projecto de Desenvolvimento do Sistema Financeiro 2018-2022 e no que concerne à ausência de informação fiável e precisa sobre a capacidade e inclusão financeira em Angola, e visa aferir a capacidade financeira e a defesa do consumidor bancário e o nível de literacia financeira da população, aspectos relacionados com o acesso aos produtos e serviços financeiros e respectiva oferta pelas instituições bancárias e não bancárias.

Pretende-se que o referido inquérito venha a servir como ferramenta-chave para o diagnóstico da situação da literacia financeira da população angolana, com potencial para orientar as instituições angolanas, incluindo o BNA e demais reguladores do sector financeiro, na definição de modelos e metas quantificáveis passíveis de serem alcançadas, que contribuirão para a criação de uma base de dados a nível do sistema financeiro, com informação sobre (i) indicadores de acesso ao sistema financeiro, grau de informação sobre os produtos e serviços financeiros (literacia financeira), sua disponibilidade/qualidade, e os mecanismos de defesa do consumidor bancário.
 
Serviços prestados pelos bancos analisados em conferência

Realiza-se no dia 30 de Janeiro do corrente ano, a 1.ª conferência da edição 2020 do Ciclo Anual de Conferências do BNA, que visa promover debates sobre temas financeiros e económicos relevantes, com vista a implementar medidas que visem estimular a economia nacional.
A conferência sobre a “Avaliação dos Serviços da Banca na Óptica dos Utilizadores” surge da necessidade de uma abordagem mais aprofundada sobre a questão da qualidade dos serviços prestados pelos operadores da banca comercial aos seus cientes, visando garantir o reforço da transparência e equidade das relações contratuais, bem como a protecção dos interesses económicos dos consumidores das instituições supervisionadas pelo BNA.
 
Neste reinício do Ciclo Anual de Conferências do BNA, serão abordados tópicos como as “Práticas e instrumentos de regulação da conduta financeira” e “A qualidade da informação prestada no âmbito da relação bancária”, com apresentações realizadas por representantes do BNA, CMC, ARSEG e prelectores internacionais dos bancos centrais de Moçambique e Zimbabué.
 
Recorde-se que, em 2019, ao longo de 10 edições, foram abordados temas como “Financiamento ao Sector Privado”, “Comércio Internacional ao abrigo de Cartas de Crédito”, “Sustentabilidade das Reservas Internacionais”, “A implementação do IVA no Sector Bancário”, “Inclusão Financeira”, “Preparação da Avaliação Mútua do Sistema de Prevenção e Combate ao BC/FT/FP de Angola” e “Governação Corporativa no Sector Bancário”, entre outros igualmente relevantes.
error: Content is protected !!