Editorial: deputados na tela

Jornal OPaís edição 1723 de 21/01/2020

É já a partir do dia 23 deste mês que a televisão pública, TPA, e a Rádio Nacional de Angola retomam as transmissões integrais dos debates parlamentares, uma luta antiga da Oposição. Mas, no contexto actual angolano, um trunfo jogado por João Lourenço, quer na qualidade de Presidente da República, como anunciou este acto de “transparência” e de “liberdade de expressão”, quer como presidente do MPLA, que “reforma” a sua forma de estar, já que este partido não se posicionava a favor das transmissões, inviabilizandoas, na prática.

Mas Lourenço não lida com este momento como uma espécie de concessão, antes como um momento reformador, do Estado e do partido. É por isso que a Oposição, depois de tanto tempo, já não tira daí grande proveito, muitos menos com um debate mensal, que dificilmente permitirá aos angolanos aquilatar a qualidade de cada deputado ou grupo parlamentar.

leave a reply