Instituto Politécnico de Arte – CEARTE com 444 vagas para 2020

Não obstante a oferta, o número de indivíduos inscritos ainda é considerado irrisório, tendo em conta a quantidade de vagas disponibilizadas, o que leva a direcção da instituição a desafi ar os jovens fascinados pelas artes a aderirem aos cursos

O Instituto Politécnico de Arte – CEARTE do Camama em Luanda, tem disponível para o presente ano 444 vagas nas diferentes áreas de formação artística, segundo o director da instituição Eusébio Pinto. De acordo com o responsável, o número de vagas é atribuído aos alunos da 10ª Classe, 100 das quais, para a área das Artes Visuais e Plásticas, 80 para o Cinema, 60 para a Dança, 144 para a Música e 60 para a disciplina de Teatro. As inscrições tiveram lugar no período de 4 a 11 deste mês, de acordo com o calendário das escolas do Ensino Técnico Profi ssional.

O director da instituição, Eusébio Pinto, adiantou que pela especifi cidade, os alunos inscritos para as referidas categorias são obrigatoriamente submetidos a testes práticos e teóricos de admissão. Realçou que os testes, assim como a selecção dos alunos aprovados e a publicação das listas dos estudantes admitidos, decorrerão de 20 a 25 deste mês, estando as matrículas agendadas para o período de 27 a 31, igualmente do mês em curso.

Curiosamente, a instituição inscreveu até ao momento, 180 candidatos, 7 dos quais, oriundos dos municípios do Bocóio e Cubal, província de Benguela. Não obstante a oferta, o director Eusébio Pinto considera irrisório o número de inscrições aqui efectuadas, tendo em conta a quantidade de vagas disponibilizadas, e desafi a os jovens que queiram enveredar pela carreira das artes a aderirem aos cursos.

“Compreendemos que a fraca adesão de candidatos ainda tenha que ver com a pouca informação da população sobre o ensino artístico”, disse o director, acrescentando que ao nível de oferta formativa, a instituição tem 98 cursos, distribuídos pelas cinco áreas de formação (Artes Visuais e Plásticas, Cinema, Dança, Música e Teatro), pese embora até ao momento, apenas 24 cursos estejam em vigor.

“Gostaríamos de transmitir à nossa população, de Cabinda ao Cunene, que o CEARTE é um Instituto Médio Politécnico, aberto a candidatos de todas as províncias do país, pelo que aqueles que tiverem interesse em estudar artes, nos seus variados domínios, ao nível dos vários pontos do país, ainda têm a oportunidade de formalizar as suas inscrições até ao dia 25 deste mês”, reforçou. Refi ra-se que o Instituto Politécnico de Arte – CEARTE, contou no Ano Lectivo de 2019, com 440 alunos matriculados, nas suas diferentes áreas de formação e cursos. Desse número, 178 frequentaram a 10ª. Classe, sendo 132 pela primeira vez, 109 a 11ª, 82 a 12ª e 71 a 13ª. classes. Dos alunos fi nalistas da 13ª. classe, 62 chegaram até ao fi nal do ano (os restantes desistiram) e 52 terminaram o curso.

leave a reply