Carta do leitor: Tudo na mesma

POR: Matias André

Caro director, Eu respeito o Presidente do meu país, mas há coisas que não estou a entender. A luta contra a empresaria Isabel dos Santos vai resolver o problema que está na minha vida agora, que na escola onde quero matricular o meu filho, aqui em Luanda, estão a me cobrar oitenta mil kwanzas? Vou ter de pagar, ou o menino não estuda, ou teria de ser membro do Executivo ou da AGT para pagar um colégio. Parece que o Presidente nos esqueceu com os nossos problemas reais, porque não há empregos no país, quero ver se a luta contra a Isabel vai resolver isto tudo. Eu acho que o Estado tem razão, é preciso justificar os dinheiros e devolver as dívidas, mas também não podem nos esquecer aqui dentro, onde a vida está muito difícil. A justiça que faça o seu trabalho, ninguém deve se meter, mas o meu assunto é com o Executivo. Ainda estão a nos pedir dinheiro nos hospitais, todos os dias os polícias estão na rua sem o número de identificação e a pentear o cidadão. Todos os dias falha luz e água. E todos os dias o preço da comida sobe. Estes são os problemas do povo, que são mesmo urgentes, é por isso que todos os dias lamentamos os empregos que nunca chegam. Até alguns mamadus já começaram, a vender cerveja e vinho, para o negocio não fechar, porque a vida está mal e o que sai é só mesmo o álcool. Então, para nós, povo, a vida ainda está na mesma, sempre a subir nas dificuldades, as coisas da justiça não nos metemos.

error: Content is protected !!