Editorial: Estradas e mesa

Jornal OPaís edição 1724 de 22/01/2020

Os preços dos principais produtos que compõem a cesta básica, registaram nos últimos dias uma subida nos diversos estabelecimentos comerciais e nos mercados informais da cidade do Dundo, quando comparados aos praticados no ano transacto. Isto, quer dizer que no Dundo a vida está como no inferno, porque os preços, na verdade, cresceram em todo o país e, já é mais que sabido, em situação “normal” os preços nas lundas são bastante mais altos. Há uma explicação para o maior aperto no Leste, porém, que se prende com as estradas. É sabido que a transportação de bens está quase paralisada, ou, que a que se faz tem sempre um preço de frete mais alto. Talvez seja altura de o Ministério das Obras públicas começar a mostrar mais obra, porque tem de perceber que a a sua acção tem impacto na mesa das famílias.

error: Content is protected !!