Angola e Letónia analisam cooperação UA – UE

O Representante Permanente de Angola junto da União Africana (UA), Francisco da Cruz, e o sub-secretário de Estado para os Assuntos Políticos do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Letónia, Janis Mazeiks, analisaram ontem, Sexta-feira, em Addis-Abeba (Etiópia), vários assuntos ligados à cooperação entre a UA e a União Europeia (UE) Presidente

A deslocação do governante letão à Embaixada de Angola na Etiópia, enquadrou-se, igualmente, no processo de candidatura do seu país a membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas para o período 2026-2027, cujas eleições estão marcadas para 2025, refere em nota a Representação Permanente de Angola junto da UA, citada pela Angop.

Durante a audiência, Francisco da Cruz, igualmente embaixador Plenipotenciário de Angola na Etiópia, enalteceu a parceria estratégica existente entre a UA e a UE e exaltou a necessidade de uma abordagem cada vez mais pragmática com vista à estabilidade e consequente desenvolvimento de África. Segundo o diplomata, ao nível da União Africana, Angola tem reiterado que a paz e segurança afiguram-se como factores cruciais para o desenvolvimento do continente, tendo como base a coesão e reconciliação nacionais, assim como a necessidade de criação de um clima de estabilidade entre países vizinhos.

Neste sentido, fez menção ao tema do ano da UA para 2020 “Silenciar as Armas: Criar Condições Favoráveis para o Desenvolvimento de África”, que vai ser lançado, oficialmente, na 33ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governos da União Africana, a ter lugar em Addis-Abeba, de 9 a 10 de Fevereiro próximo.

Cooperação bilateral

Por sua vez, o subsecretário de Estado para os Assuntos Políticos da Letónia, manifestou o interesse do incremento das relações de cooperação bilateral com Angola, designadamente no ramo das Tecnologias de Comunicação e Informação (TIC’s) e Educação, com a disponibilização de bolsas de estudos. Janis Mazeiks exprimiu ainda o desejo de se indicarem cônsules honorários em ambos os países. Angola e Letónia formalizaram o estabelecimento das relações diplomáticas a 7 de Julho de 2011, num acordo rubricado em Nova Iorque (Estados Unidos da América), pelos representantes permanentes de ambos os países junto às Nações Unidas.

A Letónia, situada na costa do Mar Báltico, é um país membro da União Europeia (2014). Possui tecnologia avançada e “Know How” a nível industrial, metalúrgico, agro-pecuário e outros serviços. Pode contribuir para diversificação da economia angolana, bem como na formação de quadros. A sua economia é dominada pela indústria metalúrgica, de madeira e derivados, produção de electrodomésticos, máquinas e equipamentos, processamento de alimentos, incluindo leite e carne, têxteis, entre outros. Tem como principais mercados de exportação dos seus produtos a Lituânia, Estónia, Rússia, Alemanha, Reino Unido, Suécia e Dinamarca, entre outros.

error: Content is protected !!