Editorial: Os corajosos do Cunene

Jornal OPaís edição 1727 de 25/01/2020

O Cunene tem carência de tudo, como se sabe, menos de problemas. E menos de larápios também, infelizmente. A notícia diz que dois gestores de uma instituição pública ligada à educação (veja-se só a área e a sua importância para a sociedade) andaram durante algum tempo a aproveitar-se de dinheiros públicos.

O director e o subdirector do magistério local decidiram que o dinheiro do Estado fi cava melhor nos seus bolsos a juntar aos seus salários. Começa a parecer patológica a forma como certas pessoas se atiram ao que não lhes pertence, pior, sabendo perfeitamente que prejudicam outros e o todo nacional. E isto em tempos do anunciado combate generalizado à corrupção. Aqueles gestores, que agora estão presos, são, no mínimo, corajosos.

error: Content is protected !!