Cidade de Laâyoune acolhe Africano de fustal

Começa hoje, em Marrocos, a sexta edição do Campeonato Africano de futebol salão (futsal). A prova, que termina no dia 7 de Fevereiro próximo, contará com a participação de oito selecções. Os donos de casa começam a prova com a Líbia

A cidade de Laâyoune, em Marrocos, é a partir de hoje palco do Campeonato Africano de futebol salão. Em solo marroquino, oito equipas vão bater-se pelo troféu, cujo campeão em título é o país que acolhe o certame. Além dos donos de casa, Egipto, Moçambique, Líbia, Guiné Equatorial, África do Sul e Angola são as selecções inscritas na prova. Deste modo, todas as equipas se prepararam para os desafios competitivos que a prova africana impõe.

Durante onze dias, os amantes da modalidade vão ver desfilar os artistas do futebol salão em vários pavilhões. Por esta razão, o favoritismo recai sobre os marroquinos que jogam em casa e próximo do seu público. Aliás, é uma selecção com fundamentos técnicos e tácticos devidamente apurados, basta ver a forma como passa pelos seus adversários. Para os seus adversários, no grupo A, não será fácil por motivos devidamente esclarecidos. Joga com o seu público. Além do Marrocos, a Líbia, Guiné Equatorial e África do Sul são os adversários dos marroquinos no grupo A.

O duelo será entre líbios e maaroquinos, uma vez que os sul africanos e os equato-guineenses sejam novos nesta competição. No grupo, Angola medirá forças com Moçambique, Egipto e a Guiné Conacry. Não será fácil para os angolanos, mas a equipa técnica conhece os adversários, uma vez que teoricamente vai estudando o perfil dos atletas. Angola está no palco da competição e espera fazer melhor que nas competições anteriores, pois o objectivo é chegar ao pódio.

error: Content is protected !!