Petro de Luanda domina Fuga para a Resistência no Bengo

O Petro de Luanda dominou ontem a meia maratona “Fuga para a Resistência” em atletismo de 21 quilómetros, uma prova que foi disputada na província do Bengo.

Bastos Filipe, com o tempo de 1 hora/9 minutos e 48 segundos, e Venâncio Chigombe, com 1h/10 min e 12 segs (ambos da equipa tricolor, terminaram na primeira e segunda posição respectivamente. Os atletas do Petro de Luanda bateram na concorrência o corredor do 1º de Agosto Simão Manuel, que ficou no terceiro lugar com 1h/10min e 58 segs.

Em feminino, Adelaide Machado e Emerlina Paulino, ambas do Interclube, foram as mais rápidas, ao passo que Luciana Viembo do 1º de Agosto ocupou o último lugar do pódio. Na prova de três mil quilómetros, reservada para os iniciados, os vencedores receberam como prémio material escolar das mãos da governadora, Mara Quiosa. Na corrida rainha, ou seja, de 21 km, em ambos os sexos, o primeiro classificado foi premiado com 100 mil kwanzas, o segundo 80 e o terceiro com 60. No final do certame, o director da corrida, Augusto Sawaya, disse a O PAÍS que o balanço é possível, porque a actividade superou as expetactivas da organização.

“Tivemos vários postos de abastecimento de água, algo que não tínhamos na edição anterior”, reconheceu. Por outro lado, Augusto Sawaya explicou que houve troca de prémios, mas que tudo ficou resolvido na hora. Já o presidente da Federação Angolana de Atletismo (FAA), Bernardo João, felicitou a organização pelo sucesso da prova. O acto de premiação contou com a presença da governadora do Bengo, Mara Quiosa, e outros membros do governo local.

error: Content is protected !!