PR e líder da UNITA abordam reformas em Angola

O Presidente da República, João Lourenço, recebeu, ontem, o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, com quem abordou as reformas políticas, económicas e sociais em curso no país, desde Agosto de 2017, segundo a Angop

Em declarações à imprensa no final do encontro, Adalberto Júnior sublinhou que a audiência serviu, igualmente, para analisar o processo de reconciliação nacional, a necessidade de alterações da Constituição e da Lei Eleitoral, bem como a realização das eleições autárquicas, previstas para este ano.

O líder da UNITA, que encorajou o Presidente João Lourenço a prosseguir o combate à corrupção, considerou ter sido um diálogo aberto e espera dar continuidade no futuro, com o objectivo de criar confiança e aproximação entre o Governo e a oposição. Adalberto Júnior, eleito terceiro presidente da UNITA em Novembro de 2019, considera que o país precisa construir uma democracia estável, pujante e coesa nas suas instituições. Sobre as questões ligadas à reconciliação nacional, o líder da UNITA disse que o tema envolve o processo de desmobilização de antigos militares, tendo alertado para o facto desse processo “não estar ainda concluído”.

No encontro, em que se fez acompanhar da primeira vicepresidente do seu partido, Arlete Chibinda, e do segundo vice-presidente, Armando Dembo, o líder da UNITA aproveitou para falar da restituição do património do seu partido, nos termos do acordo de paz. “Esta é uma questão que está a penalizar a UNITA, e o Governo devia fazer mais do que tem feito”, sublinhou.

É primeira vez que o Presidente da República recebe em audiência, Adalberto Costa Júnior, desde que este se tornou presidente da UNITA em substituição de Isaías Samakuva. A UNITA é a segunda maior força com representação parlamentar no país. Possui 51 deputados, atrás do MPLA, que conta com 150.

error: Content is protected !!