Sagrada trava Petro no dundo

O Petro de Luanda empatou ontem a uma bola com o Sagrada Esperança da Lunda-Norte, em jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da Taça de Angola, na cidade do Dundo.

Os tricolores inauguraram o marcador por intermédio de Megue aos 20 minutos, mas aos 52 Cachi empatou a partida. O jogo da segunda mão está marcado para o dia 12 do corrente mês, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda. Na outra partida, o Bravos do Maquis do Moxico bateu o Recreativo da Caála no Huambo por duas bolas sem  resposta. Deste modo, os maquisardes juntam-se ao Desportivo da Huíla, Wiliet de Benguela e a Académica do Lobito (Benguela) nos quartos-de-final. Os estudantes da cidade das Acácias Rubras deixaram para trás o Progresso do Associação do Sambizanga. O 1º de Agosto não disputou a partida frente ao Juventude de Saurimo da Lunda-Norte, dépois do empate a uma bola na primeira mão.

O adversário do campeão nacional não chegou a Luanda por alegadamente não ter condições técnicas e financeiras. Uma fonte adiantou que os militares venceram por falta de comparência, mas a direcção aguarda pela resposta da Federação Angolana de Futebol (FAF). O Interclube, que goleou os Brilhantes de Simulambuco de Cabinda por cinco bolas a duas, também viveu um cenário semelhante ao 1º de Agosto. Por esta razão, aguarda pela decisão do órgão que rege a modalidade no país, embora se avente a hipótese de já estar na outra fase da prova.

error: Content is protected !!