Carta do leitor: Imogestin, o povo exige transparência no sorteio

POR:Safeca Bartolomeu
Calemba 2/Luanda

Saudações, senhor director! Sou morador do bairro Calemba 2, província de Luanda. É com bastante satisfação que escrevo para este jornal que informa com verdade, rigor e transparência. Aproveito esta página para exigir em nome do povo angolano à Imogestin para fazer o sorteio para aquisição de habitação na Centralidade do Zango 5, na cidade capital, com transparência. A 20 deste mês, dia da Sorte ou Azar para alguns, espero que não haja fraude no processo, porque ouvi em ‘boca pequena’ que 80 por cento das residências de arrendamento resolúvel foram distribuídas para alguns militantes do partido político MPLA. Caso for verdade, o que disse no parágrafo supracitado significa que 30 por cento das residências é que serão sorteadas. Brincadeira! Na verdade, não quero acreditar na dica que ouvi. Senhor Imogestin não brinquem com coisa séria, há muita gente sem tecto que não são militantes do partido já citado. Assim, não são angolanos? Não merecem casa? Espero que as duas mil e 390 residências, entre apartamentos e vivendas T3 sejam sorteadas com clareza. Até lá! Boa sorte irmãos angolanos.

error: Content is protected !!