Editorial: O futuro em causa

Jornal OPaís edição 1741 de 08/02/2020

Por estes dias fala-se do derrame de petróleo no Soyo, província do Zaire, o Ministério do Ambiente aguarda pelos resultados de análises laboratoriais para determinar quem foi, como foi, a quem responsabilizar, etc., conversa já conhecida. Na verdade, falta um punho forte sobre as petrolíferas, já que estes derrames são mais do que recorrentes. O facto de Angola viver dependente do petróleo e, como tal, da produção das grandes empresas, não deve colocar o país numa situação de tudo aceitar, incluindo danos que podem ser longos no tempo ao seu ecossistema e noutras áreas da economia. É do futuro que se trata, que não deve ser subvalorizado em nome do lucro, Está na hora de rever a legislação e, mais do que isso, agir com firmeza sobre os infractores.

error: Content is protected !!