“O Mundial não será uma prova fácil”

O técnico da Selecção Nacional de futebol salão, Benvindo Inácio, disse que o trabalho e a dedicação contribuíram para a conquista do terceiro lugar no Campeonato Africano que Marrocos acolheu. Para o seleccionador angolano, a medalha de bronze e a qualificação para o Mundial que a Lituânia acolhe em Setembro próximo representam o trabalho feito e em grupo.

Em declarações à imprensa ontem, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, admitiu que o momento é de comemoração, mas já a pensar no Mundial.“O Mundial não será uma prova fácil, porque vamos encontrar adversários fortes”, disse Benvindo Inácio.

Ainda assim, o técnico adiantou que pretende fazer uma estreia positiva no palco da competição. Por isso, é importante começar a trabalhar os aspectos técnicos e administrativos atempadamente. Benvindo Inácio, está ligado ao futebol salão há mais de duas décadas, já conquistou vários títulos e troféus. Por esta razão, conhece a modalidade e reitera que o Mundial que a Lituânia vai acolher será uma prova difícil. Angola conquistou a medalha de bronze, vencendo a Líbia por 2-0 nas classificativas para o terceiro lugar.

error: Content is protected !!