UAN dá ultimato aos estudantes da faculdade extinta

A instituição avisa que se trata da última oportunidade para os estudantes que, há mais de uma década, não terminaram a parte lectiva e que poderão ver as suas matrículas canceladas definitivamente na base de dados

Trata-se de estudantes que frequentaram a extinta Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto (UAN), no período compreendido entre 2003 e 2010, e que não concluíram a parte lectiva, deixando até cinco cadeiras nos quatro anos de formação. Em entrevista a OPAÍS, o vicedecano da Faculdade de Ciências Sociais, Luiekako Afonso, disse que se trata da última fase do processo de encerramento da extinta faculdade, cujos exames estão marcados para o período compreendido de 20 a 31 de Julho de 2020. O Conselho Científico Pedagógico da Faculdade de Ciências Sociais advertiu que se trata da última oportunidade para estes estudantes, pois, até ao término do ano académico de 2021, quem assim não proceder verá a sua matrícula na UAN cancelada definitivamente.

“O Conselho Científico deliberou a realização de um último exame que será a última oportunidade para estes estudantes”, avisou o responsável, tendo acrescentado que depois de 2021 serão dadas baixas e já não se falará mais em estudantes da extinta Faculdade de Letras e Ciências Sociais. Para o efeito, os visados deverão solicitar uma declaração com nota na instituição e a posterior fazer a respectiva inscrição no período marcado de 2 de Março a 15 de Abril de 2020. Para quem ficar reprovado nesta última fase, a única solução passará por solicitar a integração no novo plano curricular da Faculdade de Ciências Sociais, à semelhança do que ocorreu com os demais estudantes do primeiro ao terceiro ano.

Luiekako Afonso disse que a seu tempo o Conselho Científico e Pedagógico, órgão deliberativo da instituição, poderá pronunciar- se sobre a dos estudantes que concluíram a parte lectiva e não apresentam os trabalhos de fim de curso. O Decreto 7/09 de 12 de Maio institui a criação das Faculdade s de Ciências Sociais e a de Letras, extinguindo assim, a anterior Faculdade de Letras e Ciências Sociais. Com a separação, houve a necessidade de se alterar o programa curricular para adaptá-las à nova fase.

error: Content is protected !!