Governo fala com pais de estudantes na China

A Comissão Multissectorial do Governo Angolano e uma comissão representativa dos pais e encarregados de educação analisaram, nesta Quinta- feira, em Luanda, a situação dos estudantes angolanos residentes na China.

Os 50 estudantes angolanos que vivem na cidade de Wuhan, na China, epicentro do novo coronavírus, estão a receber apoio do Governo daquele país asiático. De acordo com um comunicado de imprensa citado pela ANGOP, os encarregados de educação apresentaram relatos da situação dos seus educandos, tendo encorajado o Governo a prosseguir os seus esforços junto das autoridades chinesas para se continuar a garantir a integridade física dos cidadãos angolanos afectados pelas medidas restritivas em vigor naquele país, impostas pelas autoridades chinesas.

A Comissão Multissectorial prestou informações relevantes sobre os passos que estão a ser dados, com vista a assegurar o bem-estar dos estudantes e outros cidadãos angolanos que, por razões diversas, se encontram em território chinês. Esses passos, segundo o comunicado, incluem um apoio financeiro de emergência destinado a garantir o abastecimento logístico, tendo em conta a limitação em termos de mobilidade decretada para reduzir a propagação da doença. Foram também disponibilizadas informações técnico-científicas sobre a epidemia e a necessidade imperiosa de se evitar atitudes precipitadas que podem acarretar consequências imprevisíveis.

A Comissão Multissectorial reafirmou o engajamento do Governo em explorar todas as opções viáveis que respondam aos anseios e preocupações das famílias angolanas envolvidas. O coronavírus faz parte de uma vasta família de vírus que inclui os que causam a gripe comum, mas também a Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS). Os primeiros sintomas são febres altas e tosse, que podem agravar-se até causar pneumonia. Além da China, também foram reportados casos de infecção pelo novo coronavírus em Macau, Hong Kong, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Singapura, Vietname, Nepal, Malásia, França, Alemanha, Austrália e Canadá.

error: Content is protected !!