Editorial: Águas e mobilidade

Jornal OPaís edição 1752 de 19/02/2020

As más condições das estradas da cidade do Lobito estão a provocar o “caos” na mobilidade rodoviária e os automobilistas reivindicaram, nesta Terça-feira, melhorias na circulação automóvel, naquele município no litoral da província de Benguela. Dito assim, pela ANGOP, já se tem uma ideia do que se está a passar, mas não chega. Quem entrou no Lobito na noite de Segunda-feira deve ter desejado ter um carro anfíbio. E a sensação nem é de estar a chover em demasia, é a da certeza de que alguma coisa mais pode ser feita e não está feita, para poupar a cidade de tanto “afogamento” cíclico. Porém, em termos de circulação, o que não se entende é a frequência e o equipamento do CFB que circula entre o Lobito, Catumbela e Benguela. Os horários não ajudam e a dignidade das pessoas não é respeitada.

error: Content is protected !!