Longa-metragem de Chiwetel Ejiofor é hoje exibido no Cinema Sete e Meio em Luanda

O filme com o título “O Menino que Descobriu o Vento” é protagonizado por William Kamkwamba, um garoto de 13 anos, inteligente, auto-didacta, com vontade de aprender, e cuja história ocorre justamente no Malawi, um país caracterizado por condições de vida difíceis, marcada pela miséria ao nível da população

A Teláfrica II exibe, esta Quarta-feira, 19, no Cinema Sete e Meio em Luanda, a longa-metragem “O Menino que Descobriu o Vento”, dos realizadores Andrea Calderwood e Gail Egan. O filme, sob direcção de Chiwetel Ejiofor, foi lançado em Janeiro de 2019, é legendado em inglês e nianja. Esta longa-metragem, narra a história de William Kamkwam ba (Maxwell Simba), um magnífico garoto de 13 anos. A história deste menino que descobriu o vento ocorre justamente no Malawi, em Africa, caracterizada por condições difíceis de vida e marcada pela miséria da sua população. William Kamkwamba, o garoto protagonista da trama morava num vilarejo, e por sinal muito inteligente, auto-didacta, com vontade de aprender.

Devido ao período de seca que assolou a sua cidade, a população que sobrevivia dos produtos agrícolas viu-se impossibilitada de realizar o cultivo e colher os seus produtos. Sem ajuda do governo, a mesma população lutava por sustento, e, para inverter o quadro, optou por saquer as residências que possuíam reservas de grãos e galpões que faziam a venda de alimentos a preços altos. Preocupado, William pôs em prática os seus conhecimentos sobre engenharia e energia eólica, criando um moínho de vento capaz de accionar uma bomba para captação e distribuição da água do poço. Com esta inovação, a água bombeada permitiu a irrigação da plantação e contribuiu para a salvação colectiva do povo do Malawi. As exibições que ocorrem regularmente às Quarta-feiras, no Cinema Sete e Meio, na capital angolana, contam com a curadoria do actor e realizador angolano, Miguel Hurst.

O director

Chiwetel Umeadi Ejiofor, nascido em Londres, a 10 de Julho de 1977, é um actor britânico, filho de agrípais nigerianos, cujos antepassados eram igbos. Em 2006, recebeu duas indicações ao Prémio Golden Globe por Melhor Performance. Em 2013, interpretou Solomon Northup em “12 Anos de Escravidão”, pelo qual recebeu indicações ao Óscar, Globo de Ouro e Screen Actors Guild, juntamente com o BAFTA Award de Melhor Actor. Em 2014 obteve o Oscar de Melhor Actor pelo filme “ 12 Anos Escravo” e o Globo de Ouro de Melhor Actor em Filme Dramático com o mesmo filme.

error: Content is protected !!