Lopito Feijó apresenta “Doutrina sem a qual nunca” em Portugal

O livro, que será apresentado no âmbito da 21ª edição do Festival da Correntes d’Escritas de Póvoa de Varzim, possui mais de 50 poemas

O livro “Doutrina sem a qual nunca”, do escritor angolano Lopito Feijó, será lançado, Sexta-feira, na 21ª edição do Festival da Correntes d’Escritas de Póvoa de Varzim (Portugal), anunciou ontem, em Luanda, o autor. Segundo o autor, o livro será apresentado no âmbito do referido festival, possui mais de 50 poemas, uma tiragem de mil exemplares e editada pela Pubricarte.

“Doutrina Sem A Qual Nunca” vai ser apresentado pelo escritor moçambicano Luís Carlos Patraquim. Em declarações à Angop, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o escritor afirmou que a obra poética reflecte o princípio filosófico da maneira de estar dos angolanos nos dias de hoje, onde cada um deve dar o seu contributo para o engrandecimento do bem comum.

“A obra é um apelo e também uma chamada de atenção para o actual momento que o país está a atravessar, a maneira que o cidadão comum deve encarar o actual processo de mudança que decorre na sociedade angolana”, esclareceu. No referido festival que decorre até Domingo, na cidade de Póvoa de Varzim, norte de Portugal, participam ainda escritores provenientes de Cabo Verde, Moçambique e Guiné-Bissau.

error: Content is protected !!