Plataforma digital vai impulsionar o surgimento de novas empresas

A empresa angolana dedicada à criação e desenvolvimento de aplicativos Select Service desenvolveu um aplicativo denominado Alfa Could que vai facilitar o armazenamento de dados, reduzir custos e permitir a abertura de pequenas e médias empresas no mercado, disse o director da Select Service , Lizandro Chissupa

O serviço de computação e nuvem denominado Alfa Could que está a ser desenvolvido pela Select Service através de uma infraestrutura da Angola Cable. O aplicativo Alfa Could vai oferecer três soluções fundamentais para qualquer organização com necessidade de digitalização das suas operações, computação em Cloud (nuvem), gestão documental e Intranet. Segundo o director da Select Service , Lizandro Chissupa, numa conferência que serviu para apresentação do serviço, a plataforma Alfa Could vai oferecer ao mercado interno, serviços de qualidade a preços baixos.

Além disso, outra vantagem, de acordo com o responsável, será o pagamento dos serviços em moeda nacional, Kwanza, em relação a outros provedores internacionais, onde o custo, além de ser alto, a compra dos serviços é feita em divisas. Referiu que os preços vão variar em função dos pacotes que pode oscilar entre 40 mil a 60 mil Kwanzas. Salientou que, além da hospedagem, o aplicativo vai resolver problemas relacionados à segurança dos dados das empresas assim como auxiliar na comunicação interna das organizações.

“O Alfa Could vai ser um serviço completo para digitalização e gestão documental para assegurar as empresas”, disse, acrescentando por outro lado, quanto à segurança, que a empresa desenvolveu uma chave em formato de pen drive com um leitor de impressão digital que dificulta em quase 10 níveis o acesso às informações da empresa. Neste momento, apesar do dispositivo encontra-se em fase experimental. Salientou que os aplicativos de digitalização e documentação de gestão vão facilitar o armazenamento de documentos físicos de qualquer instituição pública ou privada. Por sua vez, o gestor da Angola Cables, Crisóstomo Mbundu, disse que a iniciativa vai permitir que, quer as Universidades, entre outras organizações, tenham uma infra-estrutura robusta capaz de atender as suas necessidades específicas de acesso aos conteúdos digitais. Por isso, a Angola Cable está aberta para abraçar iniciativas do género que visam melhorar as organizações. Actualmente, os produtos da Angola Cables são muito associados aos servidores grossistas. Com parceria como estas a Angola Cables caba por chegar de alguma forma aos servidores finais.

error: Content is protected !!