Rui orlando “arrasa corações” e fãs tentam deturpar discurso de Luísa damião no CANFEU

Apesar da postura que a plateia teve ao ver o cantor entrar, a vice-presidente do MPLA, Luísa damião, manteve a calma e conseguiu contornar a situação de forma tranquila

Enquanto a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, discursava na abertura da 17ª edição do Campo Nacional de Férias de Estudantes Universitários (CANFEU), ontem, no Bengo, o cantor Rui Orlando preparava- se para actuar, o que provocou um estado eufórico aos fãs que se puseram aos gritos. Este facto, interrompia intermitentemente a política que tentava se explanar no âmbito da abertura do referido evento, que encerra no dia 22 do corrente mês. Embora a equipa protocolar tentasse acalmar a plateia, os gritos foram se tornando estrepitantes.

Prudentemente, Luísa Damião, que continuava a discursar, logo, deu uma pausa e reconheceu, pacientemente, que os gritos são próprios de uma juventude energética. Assim, convidou o cantor a juntar- se a si em palco, o que resultou em salvas de palmas e a atenção da plateia para poder prosseguir com o discurso. Entretanto, antes de começar a cantar, Rui Orlando ofereceu à vice- presidente do MPLA o seu álbum intitulado “100%” (projecto que conta com 15 faixas musicais) autografado e em seguida deu-lhe um abraço. Por seu turno, Rui Orlando disse acreditar no potencial da juventude e desafiou os jovens presentes na actividade a tornarem Angola num país melhor. Desta forma, o autor de “Diz Que É Mentira”, que agora faz parte dos Dream Boyz, juntamente com Mallaryah e Manda Chuva, brindou os fãs com as canções “Prometo” e “Que Nada Nos Separe”, música que teve a participação de Bráulio Alexandre. Rui Orlando, na ocasião, vendeu e autografou CD’s. Vale salientar que ele é dos cantores do estilo guetto zouk, que tem vindo a ganhar muita notoriedade, ultimamente, ao nível do panorama musical nacional, e não só.

Províncias exibem potenciais no CANFEU

Na ocasião, estavam presentes as delegações provinciais da JMPLA em toda Angola, que garantiram expor as suas potencialidades turístico-culturais na presente edição do CANFEU, acolhida pela província do Bengo. A secretária da JMPLA na província do Bengo para a promoção e género, Tussamba Salomão, por exemplo, garantiu estar tudo a postos para exibir o potencial da sua localidade, como os “quitutes”. “Estamos ansiosos para saber mais das outras províncias. É uma honra acolher o CANFEU na nossa casa.” Entretanto, de Luanda, a delegada da JMPLA, Emingarda Fernandes, tem reservado, para exibir, as tradições da cidade capital, bem como as danças kabetula e dizanda, além dos traços turísticos que esta província localizada a norte de Angola apresenta. Por outro lado, a delegada do Cunene, Francisca Vale, trouxe com a sua caravana artigos identitários da zona mais a sul do país, desde produtos artesanais a produtos comestíveis. “Vamos mostrar a dança do Mahongo, relativa a uma bebida que tem um efeito estimulante”.

error: Content is protected !!