Carta do leitor: O bom exemplo da ENDE

POR: João Ventura
Luanda

Caro director, dr Já reparou como a ENDE afinal ode resolver os problemas dos consumidores e os seus próprios quando quer? Refiro-me à iniciativa de abrir os seus balcões neste fim-de-semana de Carnaval para que os utentes dos seus serviços pudessem pagar as suas contas de consumo. Uma ideia louvável e que deve ser mantida e seguida, porque os cidadãos pagam descontraídos, sem a correria dos outros dias e a pressão dos empregos, escolas, etc., e a empresa factura calmamente e de forma concentrada. Outras instituições deveriam seguir o exemplo. É mais fácil sair ao Sábado de casa, sem pressão, ir ao mercado, aproveitar a pagar a luz e voltar para casa calmamente. Os bancos deveriam fazer o mesmo, assim como a EPAL, algumas administrações municipais e cartórios e conservatórias. Os serviços de manutenção também deveriam seguir o exemplo. As empresas de limpeza teriam feito grandes avanços se aproveitassem este fim-de-semana prolongado, assim como as de tapa-buracos nas ruas e estradas, com pouco movimento e poucos constrangimentos no seu trabalho. Ficou o exemplo, vamos ver quem acompanha.

error: Content is protected !!