CARNAVAL 2020

Caiu, ontem, o pano sobre o Carnaval de Luanda. Melhor, sobre a competição e desfiles oficiais, porque o dia de hoje está reservado para a festa nos bairros, nas ruas, no seio do povo, enfim. Mas na Nova Marginal, com a presença do Chefe de Estado e da Primeira-dama, 13 grupos transformaram a avenida num dos centros da cultura angolana

O semba foi o estilo mais dançado, ontem, mas a kazukuta e a cabecinha não ficaram de fora. Aqui, nestas duas páginas, com poucas letras, ficam as imagens a narrar o dia e a abrir espaços de imaginação que apenas o Carnaval permite, na sua peculiaridade extravagante de romper barreiras e costumes, protocolos e decretos. Tudo o resto vem narrado nas páginas 14 e 15.

error: Content is protected !!