Libolo falha assalto ao quarto lugar do Girabola

Os libolenses foram, ontem, derrotados pelo Ferrovia do Huambo, por 1-0, e confirmaram o mau momento que atravessam no Girabola 2019/2020. O recreativo do Libolo somou o quinto jogo sem vencer na maior festa do futebol nacional

O Recreativo do Libolo (Cuanza Sul) perdeu, ontem, a oportunidade de ascender ao quarto lugar do Girabola 2019/2020, após perder diante do Ferrovia do Huambo por uma bola sem resposta. A partida entre as duas equipas encerrou a 21ª jornada aberta no passado Sábado com a vitória do Petro de Luanda frente ao Santa Rita de Cássia do Uíge por 2-0. Os ‘libolenses’ não conseguiram traduzir o favoritismo dentro das quatro linhas fora de casa. A equipa do Cuanza-Sul apresentou muitas falhas do ponto de vista defensivo e ofensivo, por isso regressa à casa de mãos vazias.

Por este facto, os comandados do treinador João Pintar da Silva não tiveram dificuldades para chegar com perigo à baliza do adversário. Os anfitriões chegaram ao golo da vitória por intermédio do defesa Mi aos 16 minutos. Depois do golo, o Ferrovia não tirou o pé do acelerador e aos 23 minutos o médio Tchony rematou ao poste.

Os ‘libolenses’ somaram o quinto jogo sem vencer na competição, ao passo que o Ferrovia somou a quarta vitória. Com este resultado, o Recreativo do Libolo mantém-se na sexta posição com 28 pontos. Por seu lado, o Ferrovia do Huambo ascende ao décimo segundo lugar com 18 pontos.

Voz dos treinadores

Em declarações à imprensa no final da partida, o treinador do Ferrovia, João Pintar da Silva, mostrou-se satisfeito pelo resultado, tendo elogiado a postura da sua equipa. Por seu turno, o técnico do Recreativo do Libolo, André Makanga, lamentou a derrota, mas garantiu que a sua formação vai continuar a trabalhar para regressar aos bons resultados.

error: Content is protected !!