Falta de verbas altera programa da FAAND

O presidente da Federação Angolana de Andebol (FAAND), Pedro Godinho, disse que o corte de verbas, por parte dos órgãos de direito, vai alterar o programa de trabalhos da Selecção Nacional sénior masculina no que concerne aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (Japão) em Setembro próximo.

Em declarações à imprensa, o responsável fez saber que o mais importante é ter um volume de jogos acima da média do que propriamente fazer um estágio. “Estádio não resolve. Muitos jogos garantem rodagem aos atletas”, afirmou o presidente da FAAND. Por esta razão, Pedro Godinho fez saber que a programação vai contemplar torneios e outros aspectos inerentes à preparação dos jogos, pois Angola é uma equipa à altura.

error: Content is protected !!