Petro acerta o passo para continuar na liderança

Os tricolores jogam, hoje, com o Progresso do Sambizanga, no Estádio dos Coqueiros, em partida de atraso referente à 17ª jornada do Girabola 2019/2020. Os sambilas encaram o desafi o como uma final, pois, em relação à permanência estão com um pé dentro e outro fora

O Petro de Luanda desloca-se, hoje ao Estádio dos Coqueiros, para medir forças com o Progresso do Sambizanga, às 16:00. Na partida de acerto à 17ª jornada do Girabola 2019/2020, os tricolores só pensam no triunfo fora de casa. Aliás, se os petrolíferos vencerem disparam na liderança da maior festa do desporto-rei, em Angola. Por isso, a formação do Catetão encara o desafio com muitas cautelas, pois o adversário também luta pela permanência no Girabola. Os sambilas ocupam a décima sétima posição com 17 pontos, zona que neste momento preocupa os aflitos.

O técnico Toni Cosano estuda as fraquezas da formação orientada por Hélder Teixeira desde o ano passado. Na ronda anterior, o líder da prova venceu fora de casa o Santa Rita de Cássia do Uíge por duas bolas sem resposta. Por sua vez, os sambilas tiveram uma importante vitória sobre o Wiliete de Benguela em casa. No tapete verde do Estádio dos Coqueiros, em Luanda, os pupilos de Hélder Teixeira vergaram a formação de Benguela por três bolas a duas.

Na primeira volta, os Petrolíferos venceram por duas bolas a uma, no Estádio 11 de Novembro. Deste modo, os sambilas entram com o sentimento de vingança, uma vez que a luta pela permanência é o slogan do grupo. O treinador dos sambilas tem os aspectos técnicos e tácticos controlados e estará atento às movimentações do adversário. O Petro não realizou o embate na devida altura por ter estado engajado nas Afrotaças, isto é, na Liga dos Clubes Campeões Africanos. Nesta prova, o emblema angolano fi cou muito aquém daquilo que se esperava.

error: Content is protected !!