Cuanza-norte: Governo reitera esforços para melhoria salarial dos jornalistas

O Governo angolano continua apostado no reforço das condições sociais dos jornalistas, através de melhores salários, oportunidades de formação e dignificação do seu trabalho, reafirmou esta Sexta-feira, em Ndalatando (capital do Cuanza-Norte), o ministro da Comunicação Social, Nuno Anjos Caldas Albino “Nuno Carnaval”

O governante falava no quadro de uma visita de 48 horas que efectuou ao CuanzaNorte, referindo constarem, igualmente, das estratégias do seu sector a valorização dos quadros, a reestruturação e modernização tecnológica dos órgãos, bem como a expansão dos sinais de rádio e televisão a todo o território nacional. Disse estarem em curso vários projectos assentes em diversos eixos, com destaque para o redimensionamento da Comunicação Social pública, visando uma maior publicitação das potencialidades de Angola no plano internacional.

Entre as prioridades do sector, apontou também a promoção de reformas e ajustamento do pacote legislativo da Comunicação Social, visando assegurar um maior impulso à actuação dos órgãos, mediante a adopção de regras, estímulos e incentivos para o desempenho dos profissionais do ramo. A criação de um “Centro de Pesquisa da Comunicação Social”, virado para a coordenação e implementação das novas estratégias do sector faz, igualmente, parte das acções programadas.

Nuno dos Anjos explicou que a sua visita ao Cuanza-Norte se insere num plano de acção destinado a constatar o funcionamento, a situação social dos profissionais do ramo, bem como as condições técnicas e das infra-estruturas dos órgãos públicos de Comunicação Social. Para o efeito, disse, a sua estada na província inclui encontros de auscultação e recolha de contribuições da sociedade civil, igrejas e partidos políticos, visando a concretização de um modelo de Comunicação Social mais próximo dos cidadãos.

Cuanza-Norte é a sexta província que o governante visita desde a sua nomeação como ministro da Comunicação Social e a sua comitiva integra altos responsáveis do seu ministério e os presidentes dos Conselhos de Administração dos órgãos públicos de Comunicação Social. Situada no extremo Leste de Angola, a 190 quilómetros da capital do país (Luanda), a província do Cuanza-Norte tem como sede a cidade de Ndalatando e ocupa uma área de 20 mil e 256 quilómetros quadrados.

error: Content is protected !!