Carta do leitor: Vivemos só!

POR: João Cambuta
Luanda

Caro director, O que se passa no nosso país que as palavras não se tornam realidade? Parece feitiço. No Camama, ficamos quase duas semanas sem água nas torneiras, aí para os lados do BPC, Casas da Juventude e Bom Sossego. Para os lados da Avenida Van Dunen “Loy” e até ao Benfica, de noite é só tudo escuro. Como estamos no tempo das chuvas e o céu fica coberto de nuvens, nem a luz das estrelas e da lua ajuda. Os buracos nas nossas ruas é só ver, tentei contar os do Nova Vida, desisti, são muitos. No Kifica, agora que choveu, aquele mercado qualquer dia vai ruir, porque ao seu lado estão a aparecer ravinas e ninguém faz nada. E ainda dizem que é um distrito cultural, só porque tem umas casas de bebedeira, isso há em cada rua deste país. Porque de cultura o Benfica não tem nada. Só na cabeça do administrador. Na cidade, nos sítios em que há contentores, ou aquilo que chamam de barcas, estão mesmo no meio das ruas, para provocar acidentes. Já não sei o que pode mais fazer ou dizer, estamos a viver só.

leave a reply