Grupo Etosha garante apoio ao Comité Paralímpico Angolano

A directora-geral do Grupo Etosha, Kanda Kassoma, garantiu que a partir de Sexta-feira passada e até ao final do ano, cinco por cento das vendas dos produtos da Vista Alegre, serão destinados para o Comité Paralímpico Angolano (CPA). Kanda Kassoma explicou que o objectivo é ajudar o CPA a desenvolver o desporto paralímpico de modo a conquistar mais medalhas para Angola, porque os atletas com deficiência precisam de muito apoio e incentivo.

Por sua vez, o secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano, António da Luz, disse a este jornal que a iniciativa do grupo supracitado é boa, pois vai ajudar o seu órgão a resolver algumas dificuldades que enfrenta. Durante a homenagem à Selecção Nacional de futebol para amputados, actual campeã mundial e africana, o encontro ficou marcado por momentos de emoção, com a partilha das histórias de vida dos jogadores presentes.

Celestino Elias, eleito o melhor jogador do Campeonato Africano e do Mundo, assim como Edgar Domingos, Alberto Adelino e Manuel Quilala, juntaram-se a Hélder Gomes, técnico-adjunto da selecção, nas Torres Loanda, no Kinaxixi, um espaço da conceituada marca portuguesa “Vista Alegre”, representada pelo grupo angolano Etosha. Carlos de Almeida, secretário de Estado para o Desporto, Hironori Sawada, embaixador do Japão, Jorge Figueiredo embaixador de Cabo Verde, Artur Almeida e Silva, presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Osvaldo Saturnino de Oliveira, ex-vice-presidente da FAF e o antigo atleta, José Sayovo estiveram presente no evento.

error: Content is protected !!