Archer Mangueira: “ PIIM está a ser executado sem constrangimentos no Namibe”

Para a implementação deste programa, o Governo central disponibilizou 14 biliões de kwanzas e os primeiros projectos começaram já a ser executados

POR: João Katombela, enviado ao Namibe

A execução dos projectos concebidos no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) está a decorrer sem constrangimentos na província do Namibe, segundo o seu governador, Archer Mangueira. A garantia foi dada numa entrevista concedida a OPAÍS, em Moçâmedes, capital do Namibe, informado que o mesmo contempla 50 projectos, sendo que alguns já começaram a ser executados nos cinco municípios. Deste número, oito estão a ser implementados na Bibala, igual número no município piscatório do Tômbwa, sete em Moçâmedes, sendo que os municípios de Virei e do Camucuio são os que mais foram contemplados com 12 e 15 projectos, respectivamente.

Para a concretização destas empreitadas, o Governo central disponibilizou cerca de 14 biliões de Kwanzas, valor que vai servir ainda para a construção de outros equipamentos sociais, entre escolas, hospitais, vias de comunicação e sistemas de abastecimento de água noutras circunscrições. O governador informou que, apesar de algum ligeiro atraso, os outros projectos que ainda não foram lançados, o processo será feito ainda ao longo deste mês. “Quando chegámos, constatamos que havia algum atraso na preparação das condições precedentes, que são as tarefas decorrentes da lei, e trabalhamos rapidamente para que os projectos estivessem em condições de serem financeiramente suportados”, disse Archer Mangueira. Acrescentou haver já condições para a execução de todos os projectos aprovados no quadro do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) para a província do Namibe. Como resultado desta celeridade, estão já a ser erguidas no município do Tômbwa duas infra-estruturas sociais, sendo um centro de saúde, orçado em 76 milhões de Kwanzas, e uma escola com 12 salas de aulas, avaliada em 182 milhões e 532 mil kwanzas.

Bibala e Camucuio

Anunciou que, durante a primeira quinzena deste mês, far-se- á o lançamento das primeiras pedras para a construção de outros equipamentos sociais nos municípios da Bibala e do Camucuio. No município do Camucuio, segundo o governador, vão ser construídas 26 salas de aulas, para a melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem. Ainda no quadro do PIIM, serão também abertos 11 furos de água para mitigar os efeitos das alterações climáticas que têm vindo assolar uma parte da província do Namibe. “Nós vamos lançar estes projectos na Bibala e Camucuio até ao dia 7 de Março, e todos os outros que vão ser lançados já se encontram em apreciação no Ministério das Finanças”, informou. Trata-se de projectos ligados aos sectores da Educação, Saúde, e Ambiente (saneamento básico), sendo que este último prevê a construção de um aterro sanitário em Moçâmedes, capital da província.

error: Content is protected !!